Corrimão Inox

Corrimão Acessível Inox
Corrimão Acessível Inox

O corrimão inox é um equipamento de segurança obrigatório em escadas e rampas para estabelecimentos públicos e privados, conforme estabelece a NBR 9050 determinada pela ABNT para promoção de acessibilidade e NBR 9077 para saídas de emergência em edifícios.

O corrimão inox traz segurança, mobilidade e bem-estar sobretudo a usuários idosos e gestantes, e também Pessoas com Necessidades Especiais (PNE). De forma geral, o corrimão inox deve ser ergonômico, sem arestas, oferecendo assim boa pegada; além de contínuo, com prolongamento antes e depois de escadas e rampas para favorecimento da acessibilidade.

Conheça os principais modelos de corrimão inox:

 

Corrimão inox simples de parede

O corrimão inox simples de parede é o modelo mais comum de se encontrar, e seu uso atende perfeitamente a normas de segurança. Trata-se de um único tubo que pode ser colocado em paredes para adequação dos locais.

Corrimão inox para escadas

O corrimão inox para escada pode contar com o auxílio de guarda-corpo – vários modelos – ou não. Utiliza-se corrimão inox simples ou corrimão inox duplo.

Corrimão inox com travessa

O corrimão inox com travessa é acompanhado com tubos horizontais formando um guarda-corpo. Ideal para locais com desníveis acima de 1 metro, auxiliando não só na segurança como também na mobilidade.

Corrimão inox com vidro

O corrimão inox com vidro é instalado em guarda-corpo de vidro, podendo ser também o modelo autoportante. É possível fazer a instalação quando o vidro faz a função de parede. Nesse caso é necessário a observância das normas NBR 14718 e NBR 7199, onde são estabelecidos os critérios para vidros de segurança na construção civil.

Corrimão inox duplo central

Quando a escada ou rampa é larga demais entre uma parede e outra, é necessária a instalação de corrimão inox duplo central com função de intermediário.

Corrimão inox duplo

O corrimão inox duplo é necessário para atendimentos às normas de acessibilidade. É utilizado também em escolas, creches e demais locais que favoreçam as crianças. As alturas de cada corrimão devem ser 92 cm e 70 cm.

Corrimão inox duplo para rampa

Pode ir tanto na parede, quando a largura da rampa for menor do que 2,20 m. Maior do que isso, é necessário o uso de corrimão intermediário, utilizando o inox duplo central para rampa. É obrigatório em creches, escolas e demais locais cujo público principal sejam as crianças.

Corrimão inox para piscina

O corrimão inox para piscina é obrigatório quando escadas são construídas, pois proporciona segurança e mobilidade aos usuários, conforme norma ABNT 9050.

Escolhido o modelo, existe uma série de normas que devem ser respeitadas no momento da instalação. Para isso, é importante seguir a orientação de profissionais especializados para que o corrimão inox tenha eficácia e eficiência.

Abaixo relatamos as principais dúvidas referente ao corrimão inox:

Para que serve o corrimão inox?

O corrimão inox serve para dar apoio para quem transita por rampas e escadas. Sua aplicação, além de oferecer segurança e equilíbrio, torna conforme o estabelecimento com o Corpo de Bombeiros e com a Lei de Acessibilidade, ambos obrigatórios para se obter a licença de funcionamento.

Onde instalar corrimão inox?

  • Paredes;
  • Escadas;
  • Rampas.

É obrigatório corrimão em rampas?

Sim, conforme a NBR 9077 (Saídas de Emergência em Edifícios), que regulamenta as avaliações do Corpo de Bombeiros, rampas e escadas devem ter corrimão. A NBR 9050, de acessibilidade, também determina o uso de corrimão inox em rampa.

Qual o melhor inox para corrimão?

Existem diversos tipos de inox que o corrimão pode ser confeccionado. O mais utilizado em inúmeras situações, inclusive regiões litorâneas, é o AISI 304, por contar com níquel em sua composição e, por isso, conta com mais resistência à oxidação. É possível também utilizar AISI 430 ou ainda AISI 316, para ambientes hospitalares e laboratoriais.

Qual o melhor corrimão para área externa?

O melhor corrimão para área externa é o corrimão inox por contar com resistências à oxidação e intempéries do tempo, ações comuns em ambientes expostos que deterioram outros tipos de materiais.